nedjelja, 31. ožujka 2013.

Bernardo Fachada - Viola Braguesa (2008)

http://1.bp.blogspot.com/_htOSB9OuOEs/S_aXneKzjaI/AAAAAAAAAfI/62zCTgO5OiY/s1600/ff4w7k.jpg

Fachada je obilazio portugalska sela i specijalnim magnetima prebacivao usmenu pjevačku tradiciju u svoje tugaljive crne čašice. Izvrsno.
streaming



Bernardo Fachada, teamed up with producer Tiago Pereira, recently released a documentary over oral tradition in Portugal, and its sense in the 21st century. "Tradição Oral Contemporânea" (Contemporary Oral Tradition) shows him absorbing ageless folkloric tunes and analysing their change over time. The 'lisboeta' Fachada has visited villages in Portugal and orally exchanged songs with the people, trying to prove the natural aspects of traditional music and giving life to it outside rural boundaries. In both Viola Braguesa and in the documentary, the sense of transmission and change can be understood as aspects of tradition itself - opposed to the idea of crystalization of popular (mostly rural) culture. Similar results can be seen in the work of the mythical António Variações in the early eighties, but with massive repercussion and lacking Fachada's conceptual and intellectual approach.

Musically, the album's broody atmosphere and slow paced tempos, its lovely lo-fi aesthetics composed of organ and viola braguesa (portuguese sort of guitar) and great vocals sung in portuguese, make this album not only conceptually, but sentimentally, a great achievement.



Produzido e Realizado entre Agosto e Novembro de 2008 por Tiago Pereira
"Este filme é essencialmente sobre a música de Fachada, mas não se fica por Lisboa, aventura-se ao interior do país e, qual Giacometti pós-moderno, arrisca uma viagem às origens daquilo que será a “tradição”. Vemos velhinhas, vemos campo e vemos cidade. Há fragmentos de velhas histórias, há uma tentativa (nem sempre conseguida) de ligação dos velhos temas do campo com as canções originais de Fachada e há uma frágil (e bem-vinda) humanidade que percorre todo o filme."
Mas vemos sobretudo um músico com um repertório cada vez mais consistente. Bernardo Fachada diz que não é herdeiro da tradição portuguesa do folclore, mas descobriu já a sua própria tradição: "perguntei ao sangue a minha tradição / e o sangue respondeu-me esta canção". Poderá não corresponder exactamente aquilo que se esperava de uma coisa chamada "tradição", trata-se simplesmente de uma folk urbana muito bem desenhada. Mas quando se trata de música desta envergadura o nome deixa de ter importância e há que deixar florescer essa tal coisa nova chamada de "tradição oral contemporânea".
bandcamp:






thepiratebay.se/torrent/7961917/B_Fachada_-_Discografia_%282007-2012%29

Nema komentara:

Objavi komentar